Ser RAGAZZA é ser alegre, divertida e bem-disposta. Ser RAGAZZA é gostar de sonhar, de imaginar, de fantasiar. Ser RAGAZZA é arriscar, lutar pelos sonhos, reconhecer os erros. Ser RAGAZZA é explorar, descobrir, perguntar. Ser RAGAZZA é esquecer tabus e gostar de viver! Por isso, revela a RAGAZZA que há em ti...

terça-feira, dezembro 05, 2006

Já adoptaste algum animal?


Seja qual for a raça, tamanho ou cor, uma coisa é certa: os nossos amigos de 4 patas são companheiros inseparáveis e merecem todo o nosso amor. Mas infelizmente o abandono de animais é uma realidade... e um problema! Por isso, as campanhas de adopção são a tua oportunidade para ajudar quem tanto precisa. Conta-nos tudo sobre a tua boa acção e habilita-te a ganhar o jogo “Sims 2 - Animais de Estimação”. Assim, poderás adoptar um animal... mesmo que seja só virtualmente!

28 Comments:

At terça-feira, 05 dezembro, 2006, Anonymous joana said...

Eu adoptei uma cadelinha há seis anos:)foi das melhores coisas que já me aconteceram na vida!ninguém a queria...mas eu desde que a vi numa foto decidi que iria adoptá-la e dar-lhe todos os miminhos do mundo.ninguém diria que ela esteve quase para morrer quando nasceu.é uma cadela muito corajosa e brincalhona que me faz sorrir todos os dias:)

 
At terça-feira, 05 dezembro, 2006, Anonymous tixa said...

Eu estou sempre atenta a esse tipo de campanhas, e quando posso contribuo monetáriamente, e divulgo sempre os animais que precisam de ser adoptados na associação sobreviver, de setubal. Só não posso adoptar nenhum, porque já tenho 2 cadelas e o espaço é reduzido. Façam como eu, quem não pode adoptar, contribua monetariamente e divulgue por email os animais, porque pela divulgação é que muitos deles são adoptados.

 
At terça-feira, 05 dezembro, 2006, Anonymous Anónimo said...

eu adotei uma gatinha há cerca de um ano... É MUITO querida!!gosta muito de brincar...
Eu não tenho possibilidade para adotar mais nehum animal mas acho que quem pode devia de o fazer, porque os animais são seres muito queridos e engraçados, que num dia mau podem de alguma forma fazer sorrir...

 
At terça-feira, 05 dezembro, 2006, Anonymous » Patricia said...

Eu adoptei uma gata e um gato :]
A minha gata tinha acabado de nascer e não tinha com quem ficar então decide ficar com ela :'D
Este verão vi um gato tão bonito, que tinha sido abandonado. Meteu-me pena e então decide levá-lo para casa. Foi ao médico e está bem.
Agora em casa tenho a gata, o gato e ainda uma cadela.
É uma animação :']
Custa-me muito ver, animais abandonados, que não têm carinho de ninguem. É triste ver o quanto o ser humano pode ser cruel. Se nos comprometemos a cuidar de um animal é para toda a vida. As pessoas abandonam os animais, mas os animais nunca abandonam as pessoas. Estão sempre com elas, até á morte.
Não ao abandono de animais!


» Parabéns pela vossa revista. Ando com ela para todo o lado :]

Beijonez *

 
At terça-feira, 05 dezembro, 2006, Anonymous Petra said...

kd era + nova nunca pude ter um animal de estimação pk a minha mae era alergica aos pelos dos animais. mas agora vim estudar para lx e adoptei uma gatinha. faz-me imensa companhia e kd a tristeza chega pk tou c saudades de casa é smp ela k me anima. adoro a minha pituxa e seria incapaz de abandoná-la. por isso n consigo compreender como é k há pessoas tão más...

 
At terça-feira, 05 dezembro, 2006, Anonymous Ana said...

Adoro todo o tipo de animais , tenho 5 cães...Ainda não adoptei nenhum animal mas contribuo monetariamente para uma associação que ajuda animais abandonados. Acho horrivel alguem ter um animal e depois quando eles crescem , deixam-no na rua. As pessoas deviam ter mais responsabilidade quanto querem ter um animal.

 
At terça-feira, 05 dezembro, 2006, Blogger Malukita said...

Tenho 2 gatas, mas ambas não foram adoptadas... Por mim tinha a casa carregadinha de animais! Eu adoro animais, e sempre que vejo um animal abandonado na rua, quase que não lhe resisto, mas infelizmente não tenho quintal, nem casa muito grande! =) - já tenho 2 gatas!


Espero que as ragazzas que tÊm possibilidade para adoptar um animalzinho, façam o possível... para tratá-lo da melhor maneira!***

Os animais são uma enorme companhia, e uns grandes amigos! Eu adoro as minhas gatas!



e... adoro a Ragazza... Beijos Amora.roxa

 
At quarta-feira, 06 dezembro, 2006, Anonymous Catarina Soares (Lisboa) said...

eu tb nunca adoptei nenhum, mas vontadde nao faltou. de kk forma, ajudou como posso pk mm os pequenos gestos contam.
estou inscrita na newsletter da SOS ANIMAL, uma associação online que divulga pedidos de adopçao de animais de varios canis e tb organiza eventos com bastante frequencia. e nesses eventos kk pessoa pode ir lá e adoptar um animalzinho.
às xs tb contribuo monetariamente kd é preciso angariar dinheiro para operaçoes aos animais. mas n é so dinheiro: sabiam k tb se pode doar medicamentos, raçoes, mantinhas, etc? por isso AJUDEM PLZ!
bjos pa todas as amigas dos animais***

 
At quarta-feira, 06 dezembro, 2006, Anonymous Susana said...

Adoptei uma cadela quando ela tinha três anos ... Ela estava doente, mas mesmo assim decidi ficar com ela ... Foi o melhor que fiz , ela agora ja tem 11 anos, mas goza de uma saúde enorme ... Já não imagino a minha vida sem ela . Sei que ela já não dev durar muito tempo , por isso cada dia que passa dou-lhe miminhos como se fosse o último !

 
At quarta-feira, 06 dezembro, 2006, Anonymous Barbara said...

Eu nunca adoptei um animal nem nc tive ! É uma pena mas enfim a minha mae n ker e pra alem disso n temos condiçoes pa ter um animal apesar de nos ter quintal !
E olha k sustentar um gatinho ou um cao da trabalho e tbm desperdiçamos pipa de massa em comida...Pois nem na vida todo podemos ter :s
Mas um papagaio bues de querido ate n traxia problemas !

 
At quarta-feira, 06 dezembro, 2006, Anonymous Sony Vilan said...

Desde q comprei a primeira Ragazza não deixei mais, é uma revista muito completa, embora talvez não seja direcionada à minha faixa etária, mas dá gosto de ler.O editorial tb está impecável.Sou brasileira, mas deis q chegeui em Portugal tornei-me uma Ragazza viciada, pk adoro lêr e redigir, por isso tb tenho um blog http://modacea.blog.comunidades.net
Beijinhosssss a todos...

 
At quarta-feira, 06 dezembro, 2006, Anonymous Sony Vilan said...

CORREÇÃO
Desde q comprei a primeira Ragazza não deixei mais, é uma revista muito completa, embora talvez não seja direcionada à minha faixa etária, mas dá gosto de ler.O editorial tb está impecável.Sou brasileira, mas desde q cheguei em Portugal tornei-me uma Ragazza viciada, pk adoro lêr e redigir, por isso tb tenho um http://modacea.blog.comunidades.net
Beijinhosssss a todos...

 
At quinta-feira, 07 dezembro, 2006, Anonymous Ana P. F. T. said...

eu adoptei um cão que tinha sido atropelado e abandonado. encontrei-o numa estação de serviço kd tava na auto-estrada a caminho do algarve. esse cão foi o amigo mais fiel k já alguma x tive, talvez pk sabia k tinha sido adoptado era ainda mais leal do k outros caes. coxeou para o resto da vida e teve montes de problemas de saude, e morreu faz agora 2 meses, mas ao menos viveu smp c conforto e rodeado de carinho. sinto mt a falta dele mas fico feliz por o destino nos ter juntado nakele dia.

 
At quinta-feira, 07 dezembro, 2006, Anonymous irina silveiro (vila real) said...

axo k todas deviamos fazer uma boa acçao destas nem k fosse só uma x na vida, falo por mim pk nao consegui resistir a ajudar um animal em apuros e nunca me arrependi pk o k ele me deu em troca da minha ajuda foi mt + do que eu poderia pedir.

 
At quinta-feira, 07 dezembro, 2006, Anonymous Débora said...

Há 3 anos encontrei no meio da estrada uma gatinha bebé pretinha muito pequenina. Estava desorientada e a tremer de frio. Levei-a logo pra casa e tenho-a hoje aqui ao meu lado. há meio ano encontrei outra bebé nuns contentores de lixo ao pé da minha casa e apesar de saber como a minha mãe não quer que eu leve animais pra casa, não a pudia deixar nos contentores! Levei-a pra casa e tem agora cerca de 8 mesinhos. Como corro o risco de a minha mãe se chatear comigo, não trouxe mais anomais pra minha casa, mas estou sempre atenta aos animais abandonados que vejo na rua e todos os dias quando saiu para a escola levo um tuperware com ração para eles comerem. Desde pequena que sempre gostei de participar em campanhas de animais abandonados, nem que fosse com simples desenhos!

Na verdade, se não fosse a minha mãe e o meu apartamento ter apenas 80 metros quadrados, tinha todos os gatinhos que pudesse cá dentro, mas por agora, limito-me a ter estas duas que eu adoro, e a fazer um gesto de carinho todos os dias com aqueles que tiveram o azar de não serem adoptados por ninguém.

Quem abandona animais não tem coração.

Parabens pela revista, nunca mudem!

=)))

 
At quinta-feira, 07 dezembro, 2006, Anonymous Rita Santos said...

eu sou como a débora, tb não resisto aos animais k vejo na rua, mas como n posso levar tds p casa, levo-lhe comida e deixo a janela da nossa cave aberta p eles poderem ir dormir lá pa dentro nestas noites em k faz tanto frio. todas as ajudas contam!

 
At sexta-feira, 08 dezembro, 2006, Anonymous Vânia said...

Eu já encontrei uma gatinha linda que estava ao frio á beira de minha casa... Tinha nascido á.................mais ou menos 2 semanas... e sei que foi abandonada porque ela tem muito medo de desconhecidos...uma vez, foram a minha casa duas amigas minhas e quando ela as viu....Mijou-se!!!!

Ao principio, teve de ficar na garagem, porque tinha muito medo de nós e desatava a ferrarnos!!!

Mas depois afeiçoou-se e não sei como seria a minha vida sem aquela coisinha linda!!!

Está connosca à cinco anos e ainda continua timida, mas só com estranhos!!!

Ela dorme todos os dias comigo na minha cama e até tenho pena de a deixar sozinha em casa quando saiu...

 
At sábado, 09 dezembro, 2006, Anonymous Angela said...

Eu adoptei a mnh cadelinha "Lua" a 3 anos ela primeiro teve 2 bebes duas cadelas e deias a alguem que eu sei que as trata bem. este ano no dia 14 de outubro teve 1 cadela e 4 cães foi a melhor coisa do mundo porem ela uma semana mais tarde teve um ataque cardiaco por falta de calcio eu estava a dormir mas a mnh mae acordou-me e as 8h fui atras de um veterinario. consegui salva-la mas tivemos de lhe tirar os bebes. o veterinario disse que nao iriam sobreviver sem a mamã mas eu tomei conta deles e sobreviveram todos mãe e filhos estao bem e eu tou mt feliz :D

 
At domingo, 10 dezembro, 2006, Anonymous Ricardo_aka_MASTER said...

ola a todos!

Somos um casal de jovens, alegres, e vivemos de bem com a vida..lol..

Além de partilhar-mos o amor que sentimos um pelo outro, temos + alguns em comum, como o gosto pelos animais.

Adoramos animais, e gostamos sempre de contribuir para a felicidade dos mesmos, pois são seres vivos como nós. Se todos contribuissem o mundo não era o que é, e não haviam casos "tristes" de pessoas que abandonam os seus animais. É triste que isto aconteça nos dias de hoje, em pleno século XXI.

Há cerca de dois anos adoptei um gato que andava sempre perto de minha casa, senti um "carinho" entre mim e aquele gato, e até hoje gosto muito dele, juntamente com todos os animais que tenho (3 gatos,2 cães,1 esquilo).

A minha namorada partilha deste gosto também, sempre que há campanhas de adopção de animais ela tenta ao máximo adoptar algum.
Hoje tem a casa xeia de animais (lol), mas inda bem, é melhor do que tarem na rua.

Ja adoptamos vários animais, alguns gatos e cães. Os ultimos foram no dia do animal, um gato lindo chamado STING(:D) e um cão chamado Lucky(:D) .

Abraços,

fikem bem!!!


^_^

 
At segunda-feira, 11 dezembro, 2006, Anonymous Daniela Mendonça said...

olá ragazzas , vivo na ilha Graciosa nos Açores e infelizmente as pessoas ainda têm a «mente» muito fechada... os animais são muito mal tratados pois ,para muitas pessoas são apenas coisas que andam aí... e muitos querem ter os animais mas quando deixão de ser bonitos pois ficam mais velhos e dão trabalho abandonam-nos no mato ou mesmo na lixeira , já tive a infelicidade de ver, deitarem os cachorros logo depois de nascidos no lixo a morrem de fome e hipotermia. Graças a Deus tambem temos muitas pessoas que tratam bem dos seus animais e até já fundaram aqui na ilha uma associação protectora dos animais.
Quanto a pergunta SIM já adoptei um animal ! uma gatinha que encontei abandonada e ferida no meu quintal pois alguem deve ter deixado a sua sorte e pelas feridas não tinha muita se eu não ficasse com ela , agora já tem 4 meses e esta muito feliz e já ultrapassou dos maus tratos de que foi vitima.

 
At segunda-feira, 11 dezembro, 2006, Blogger Alexandra Bigotte said...

Sempre quis ter um cão, mas como tenho 3 irmãos, torna-se complicado sustentar mais um companheiro em casa.
Desde pequenina que escrevo ao "Pai Natal" a pedir um cão.
Já tentei por inúmeras vezes conquistar o coração dos meus pais com fotos de cachorrinhos super fofos. Mas a resposta é sempre a mesma:"Tambem queria muito,acredita. Mas não dá mesmo!".
Quando era mais nova e estava a passar férias em Quiaios, uns rapazes foram bater à minha porta porque tinham encontrado uma cadela que acabara de dar à luz uns cachorrinhos muito bonitos, e não tinham quem ficasse com ela caso as suas mães não lhes dessem permissão para tal. Foram a casa perguntar e voltaram com uma cadelinha pequeniníssima. Acabei por ficar com ela. Dei-lhe banho, comida...e tratei dela com o maior dos carinhos druante uma semana. Quando estava para voltar para Coimbra, a minha mãe veio falar comigo porque uma vizinha minha de lá estava muito triste porque a cadelinha se ia embora. Eu não resisti e dei-lhe a cadela. Óbvio que fiquei triste, mas o sorriso da Inês valia muito mais que qualquer coisa.
Anos mais tarde, encontrei um cão na rua. Com o meu espírito rebelde a ajudar em força, levei-o para a garagem dos meus avós e dei-lhe comida...o pior foi quando tive de contar à minha mãe o que tinha feito. Não pude ficar com o cão, o que vale é que descobri que tinha dono.
Tenho tentado por inúmeras vezes, mas tudo em vão. Mas depois de um tempo em que acalmei voltei ao ataque. E pelos vistos as coisas nem estão a correr assim tão mal.
Já tive 2 hamsters. Um morreu paralizado na roda de brincar e outro tive de o dar a uma amiga quando o meu irmão mais novo nasceu, porque ele não tinha defesas suficientes caso fizesse alergia ao animal.
Um gato está fora de questão porque a minha mãe não gosta muito. Um cão parecia-me a única solução para ter alguma companhia...diferente!
Anteontem o meu namorado deu-me dois esquilos! Amei mesmo! Tenho tratado deles com o maior empenho, e acho que os meus pais têm reparado que tenho um sentido de responsabilidade grande e que um cão em casa não vai prejudicar ninguem!
Espero que 2007 ou até o Natal, me traga um presente...o melhor de todos!

 
At domingo, 17 dezembro, 2006, Anonymous Mart(it)a said...

Oi... o meu nome é Marta e nunca adoptei um animal e essa é uma das coisas em toda a minha vida de que mais me arrependo... embora a culpa nunca tenha sido minha... passo a explicar:
sou alérgica a pelos de animais... e como tal, os meus pais são super protectores e não me deixam ter animais de estimação... adoro gatos...e já lhes expliquei que, visto que a minha melhor amiga tem um gatinho (o meu apaixonado Chico) e passo mt tempo com ele e nunca tive uma reacção alérgica não faria mal nenhum... mas nem assim...que pena
tou à espera que um dia os consiga convencer pois tenho a certeza que, além de me trazer muita alegria, iria cuidar muito bem do meu animalzito mas por agora contento-me com amiguinhos virtuais que são na mesma divertidos (adoraria ter uma gatinha ou cadelinha com o nome Helena pois parece tão magestoso e real)...
... talvez um dia...

 
At segunda-feira, 18 dezembro, 2006, Blogger Lyllie said...

Há 10 meses, após a morte do meu gato, decidi amparar a minha tristeza adoptando uma gatinha. Trata-se de uma siamesa, Lia, muito linda, fofinha e brincalhona.
Se pudesse, adoptava todos os animais vadios que andam pelas nossas ruas; não há nada que mais me faça chorar a alma!

 
At segunda-feira, 18 dezembro, 2006, Anonymous Joao Coelho said...

uma vez encontrei tres patinhos na barragem do cabril leveios para casa e tratei deles ate crescerem depois ficaram muito bonitos e tive-los ate eles morrerem

 
At sexta-feira, 22 dezembro, 2006, Blogger DarkChiiFreya said...

há dois anos, eu adoptei uma gatinha, que estava à minha porta. foi no dia anterior ao meu aniversário.
tinha ido fazer umas compras para a minha mãe, e quando voltei estava ela toda enroscadinha e a tremer À porta da minha casa. quando me tentava abrir a porta de casa ela quase que entrava. então telefonei para casa e disse: "mãe está um gatinho cheio de frio à nossa porta. posso levá-la para cima?"
e ficamos com ela.
passado seis meses ela morreu porque contraiu uma doença ainda enquanto estava na rua =(
nunca te vou esquecer, kitty =''(


******

 
At sexta-feira, 22 dezembro, 2006, Blogger DarkChiiFreya said...

p.s.- no entanto já adoptei, ao todo, uns 9 gatos. tendo actualmente só 5, porque a 1 deles arranjei outro lar, a kitty e a boneca faleceram por doença=/e a luna por velhice.

******

 
At quarta-feira, 03 janeiro, 2007, Anonymous Pipinhax said...

É super triste vermos cães e gatos abandonados, a passarem frio, fome e mais importante ainda sem terem algum carinho. À uns bons anos atrás tirei das ruas uma cadelinha abandonada (a kica) muito pequenina, teves 3 filhotes, 2 deles dei a pessoas de confiança, e depois resolvi ficar com 1 filhote (o kocas), so que entretanto a kica morreu atropelada.
Uns anos depois a minha mãe encontrou um caozinho (chamei-o de Scott) na rua mt querido, estava abandonado e ela trouxe-o para casa. Como não podia ter 2 cães (e também já tinha gatos) a minha mãe decidiu dar o kocas aos meus avós que ainda hoje o estimam mt, e sempre é uma companhia para eles.
Faço um apelo, adoptem animais em vez de os comprarem, para que é preciso gastar muito dinheiro para ter uma boa companhia,quando é possível tirar das ruas, ou dos canis/gatis sem condições,os animais abandonados sem gastar uma fortuna? Estes apenas anseiam por ter um lar e algum carinho...
Vá lá não custa nada ;)
P.S.:Adoro o meu scott(o cão) a minha gigi e a minha mimi (as minhas gatas)!

 
At segunda-feira, 15 janeiro, 2007, Anonymous BigDanCer said...

Ola ragazzzaaaa!!
Eu nunca adoptei um animal, porque penso que só nos é possivel adoptar um cao e um gato. Como não tenho condiçoes em casa pra ter um deles, acho mal que nao possamos adoptar outro tipo de animais. Tenho um canário e parece que da tanto trabalho como um cão LOL Apoio qualquer adopção que se possa fazer desde que tratem bem,e que não os deixem na rua, seja porque razao for, somos tao animais como eles mas por termos inteligencia acabamos por fazer figuras tristes ao tratarmos mal os animais.Se fossem eles a ter inteligencia, andavamos de trela pela rua... Beijao ragazza és a melhor de todas:D

 

Enviar um comentário

<< Home